sábado, 29 de maio de 2010

~~'Trecho de o vendedor de sonhos II


"você é tão inteligente, por isso sabe que

nenhum artista é dono da sua obra, mas sim o interpretador.

Aquele que interpreta lhe dá cores e sabores."

sexta-feira, 28 de maio de 2010

~~'Trecho de O vendedor de sonhos

"— Quando considero a brevidade da existência dentro do

pequeno parêntese do tempo e reflito sobre tudo o que está além

de mim e depois de mim, enxergo minha pequenez. Quando

considero que um dia tombarei no silêncio de um túmulo, tragado

pela vastidão da existência, compreendo minhas extensas

limitações e, ao deparar com elas, deixo de ser deus e liberto-me

para ser apenas um ser humano. Saio da condição de centro do

universo para ser apenas um andante nas trajetórias que

desconheço..."

quinta-feira, 20 de maio de 2010

~~'Wolf's Rain - Heavens Not Enough -tradução



Os céus não são o bastante
Se quando você chega lá
É só outra decepção
Os céus não são o bastante
Você acha que encontrou o que queria
E isso faz você se perder

Você pensou em tudo que existe
Mas não o suficiente
E isso faz você se perder
Numa nuvem

"Lá" qualquer coisa não é nada
Do que se vê
"Quando" você só vê coisas que quer ver

Eu voaria para longe
Para um plano mais alto
Para dizer palavras eu resisto
Para flutuar
Para vislumbrar
Para respirar...
Esquecer

E os céus não são o bastante
Se quando eu estou lá eu não me lembro de você
E os céus serão o bastante
Você acha que o conhece
Mas ele usa você

Eu vi tantas coisas
Mas como num sonho
Sempre me perco numa nuvem

Porque eu não podia chorar
Porque eu me afastei
Não podia ver a realidade
Não conhecia a dor
De deixar ontem para trás
Em uma outra vida
Em um outro sonho
Com um nome diferente
Dei tudo isso
Por uma memória
E uma mentira silenciosa
E eu senti a face
De uma fria noite
Ainda não conheço a realidade
Mas conheço a dor
De deixar tudo para trás
E se eu pudesse chorar
E se eu pudesse viver a verdade que vivi então me leve lá
Adeus aos céis

quarta-feira, 19 de maio de 2010

~~' Trecho -O pequeno Príncipe

" As pessoas têm estrelas que não são as mesmas.
Para uns, que viajam, as estrelas são guias.
Para outros, elas não passam de pequenas luzes.
Para outros, os sábios, são problemas.
Para o meu negociante, eram ouro.
Mas todas essas estrelas se calam.
Tu porém, terás estrelas como ninguém...
Quero dizer: quando olhares o céu de noite,
(porque habitarei uma delas e estarei rindo),
então será como se todas as estrelas te rissem!
E tu terás estrelas que sabem sorrir!
Assim, tu te sentirás contente por me teres conhecido.
Tu serás sempre meu amigo (basta olhar para o céu e estarei lá).
Terás vontade de rir comigo.
E abrirá, às vezes, a janela à toa, por gosto... e teus amigos ficarão espantados de ouvir-te rir olhando o céu.
Sim, as estrelas, elas sempre me fazem rir!"


terça-feira, 18 de maio de 2010

~~'Lua adversa



Tenho fases, como a lua.

Fases de andar escondida,

fases de vir para a rua...

Perdição da minha vida!

Tenho fases de ser tua,

tenho outras de ser sozinha.



Fases que vão e que vêm

no secreto calendário

que um astrólogo arbitrário

inventou para meu uso.



E roda a melancolia

seu interminável fuso!

Não me encontro com ninguém

(tenho fases, como a lua)



No dia de alguém ser meu

não é dia de eu ser sua...

E, quando chega esse dia,

o outro desapareceu...

Cecília Meireles

segunda-feira, 17 de maio de 2010

~~' Eros e psique

Conta a lenda que dormia

Uma Princesa encantada

A quem só despertaria

Um Infante, que viria

De além do muro da estrada.

Ele tinha que, tentado,

Vencer o mal e o bem,

Antes que, já libertado,

Deixasse o caminho errado

Por o que à Princesa vem.

A Princesa Adormecida,

Se espera, dormindo espera,

Sonha em morte a sua vida,

E orna-lhe a fronte esquecida,

Verde, uma grinalda de hera.

Longe o Infante, esforçado,

Sem saber que intuito tem,

Rompe o caminho fadado,

Ele dela é ignorado,

Ela para ele é ninguém.

Mas cada um cumpre o Destino

Ela dormindo encantada,

Ele buscando-a sem tino

Pelo processo divino

Que faz existir a estrada.

E, se bem que seja obscuro

Tudo pela estrada fora,

E falso, ele vem seguro,

E vencendo estrada e muro,

Chega onde em sono ela mora,

E, inda tonto do que houvera,

À cabeça, em maresia,

Ergue a mão, e encontra hera,

E vê que ele mesmo era

A Princesa que dormia.

Fernando Pessoa



quinta-feira, 13 de maio de 2010

~~'Frases de House

1. "Everybody Lies!" - "Todo mundo mente!" - House
2. "Well, like the philosopher Jagger once said, 'You can’t always get what you want.'" - "Como já disse o filósofo Jagger: "Você não pode ter sempre aquilo que quer." - House
3. "Being miserable doesn't make you better than anybody else, House. It just makes you miserable." - "Ser infeliz não o torna melhor do que ninguém, House. Apenas o faz infeliz." - Wilson
4. "Lies are like children. Hard work, but worth it because the future depends on it." - "Mentiras são como as crianças: apesar de incovenientes, o futuro depende delas." - House
5. "You can't control your emotions...just your actions." - Você não pode controlar suas emoções...apenas suas ações." - Cameron
6 - "People act in their own self-interest. You're all here because you're all happy to be here. Or at least because this is your best option." - "Pessoas agem em benefício próprio. Vocês estão todos aqui porque vocês todos estão felizes por estarem aqui. Ou, pelo menos, porque essa é a melhor opção de vocês." - House
7 - "I went crazy, not stupid." - "Eu fiquei maluco, não estúpido." - House
8 - "Bizarre is good! Common has hundredsof explanations. Bizarre has hardly any." - "Bizarro é algo bom. O comum tem milhares de explicações. O Bizarro dificilmente tem alguma." - House
9 - "No, there is not a thin line between love and hate. There is, in fact, a Great Wall of China with armed sentries posted every twenty feet between love and hate." - "Não,não existe uma linha tênue entre o amor e o ódio. Na verdade, existe uma Muralha da China armada com soldados armados a cada 6 metros, entre o amor e o ódio." - House
10 - "People choose the paths that grant them the greatest rewards for the least amount of effort." - "As pessoas escolhem os caminhos que as dão as maiores recompensas com o menor esforço." - House

sábado, 1 de maio de 2010

~~'Sincero sorriso



Dê-me o céu
Se quando esse fizer escuridão,
Ilumine com estrelas
O meu
coração.

Dê-me o mar
Se nele souberes navegar.
Prometa-me não
esquecer
Pois a maré há de aparecer.

Dê-me o Sol
Se puderes
me roubar o sono
Assim como ele o faz ao me tocar.
Faça-me na aurora com
abono
Respirar o mais puro ar.

Dê-me a chuva
Se os meus erros
com ela
Escoem para os bueiros.
E depois da tempestade
Colora o céu de
minha alma
Trazendo-me um arco íris de calma.

Mas se nada disso
puderes me dar,
Dê-me um sincero sorriso
Para que eu possa em minha
lembrança gravar.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...