domingo, 12 de setembro de 2010

~~'Re-encontrando flores

Depois que passa a primavera,
Têm-se saudades de flores.
Embora enquanto estavam palpáveis,
Não hesitei em ignorá-las.
Tempo ido de dias imagináveis.
Esperando que o verão passe ameno
E não leve com ele adoráveis cores.

Mas o relógio tem pressa
E faz de minha memória
Um outono de folhas caídas.
Assim o vento leva um pouco das lembranças,
Que disse, sempre guardaria.

O inevitável inverno
Irá apoderar-se de toda paisagem.
Então é preciso enxergar no branco da alma
A brisa que vem de passagem
Lembrar-me que a primavera revigorará
Dos tempos intangíveis para que possa
Com as flores reencontrar.

-Dinely Borges-

0 comentários:

Postar um comentário

O seu comentário é sempre bem vindo!
Opine, comente, se expresse! Este espaço é seu!

Espero que tenha gostado do blog! Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...