domingo, 24 de outubro de 2010

~~'Ainda aqui - Dinely Borges

Em minha paz disfarçada
Não temia o amanhã.
Tão vulnerável!
Uma ventania inesperada a levou.

Destarte, em mescla de felicidade
Coloria com preto, sutil preocupação.
O que incomodava, era o coração,
Ah!Como pulsava.
Talvez fosse apenas saudade,
Essa sim, nunca o deixou.

Doce ilusão envenenou-me,
Acreditei ser inteiramente dona de mim
Mas bastou o tempo de um crepúsculo
Para desmanchar em meus olhos
A face do ontem.

Não sei se posso
Ainda acreditar em minhas súbitas verdades.
Talvez mentir curaria todos os sentidos.
Talvez o ontem fosse apenas um sonho confuso,
Mas a realidade do hoje me chama suavemente
Por mais que não queira eu a vou seguir.

0 comentários:

Postar um comentário

O seu comentário é sempre bem vindo!
Opine, comente, se expresse! Este espaço é seu!

Espero que tenha gostado do blog! Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...