terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

~~'Aos poetas - Dinely Borges



A folha branca espera
Pelos meus versos ainda mudos.
O lápis imita a pena
Às vezes, apenas o teclado do computador,
E a tela então opera
As palavras de um sonhador.

Invadindo o tempo e toda a sua magnitude
Percebendo a sutileza do verbo - amor-
Transformado em escrita,
O que somente as palavras mais bonitas
Saberiam como bordar.

A lua que hoje vejo de minha janela
Outro poeta esteve a poetar.
Acredito então no mundo das ideias
Onde os delatores de todos os sentidos
Através da poesia, transformam-se em um único ser.
Ser este que faz das palavras o alimento,
Pois de outra forma não sabe viver.

0 comentários:

Postar um comentário

O seu comentário é sempre bem vindo!
Opine, comente, se expresse! Este espaço é seu!

Espero que tenha gostado do blog! Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...