quarta-feira, 27 de abril de 2011

~~'Pablo Neruda


Quero apenas cinco coisas..

Primeiro é o amor sem fim
A segunda é ver o outono
A terceira é o grave inverno
Em quarto lugar o verão
A quinta coisa são teus olhos
Não quero dormir sem teus olhos.
Não quero ser... sem que me olhes.
Abro mão da primavera para que continues me olhando.

terça-feira, 26 de abril de 2011

~~'Reflexo d'alma - Dinely Borges


Abra teus olhos e enxergue com o coração, há em tua alma algo além dos ardis terrenos. Esse mistério circunspecto que facilmente calamos, eis, pois a chave para encontrar o caminho que levará a outra alma não menos sincera. 

domingo, 24 de abril de 2011

Texto de Luís Fernando Veríssimo




Para se roubar um coração, é preciso que seja com muita habilidade, tem que ser vagarosamente, disfarçadamente, não se chega com ímpeto, 
não se alcança o coração de alguém com pressa. 
Tem que se aproximar com meias palavras, suavemente, apoderar-se dele aos poucos, com cuidado. 
Não se pode deixar que percebam que ele será roubado, na verdade, teremos que furtá-lo, docemente. 
Conquistar um coração de verdade dá trabalho, 
requer paciência, é como se fosse tecer uma colcha de retalhos, aplicar uma renda em um vestido, tratar de um jardim, cuidar de uma criança. 
É necessário que seja com destreza, com vontade, com encanto, carinho e sinceridade. 
Para se conquistar um coração definitivamente 
tem que ter garra e esperteza, mas não falo dessa esperteza que todos conhecem, falo da esperteza de sentimentos, daquela que existe guardada na alma em todos os momentos. 
Quando se deseja realmente conquistar um coração, é preciso que antes já tenhamos conseguido conquistar o nosso, é preciso que ele já tenha sido explorado nos mínimos detalhes, 
que já se tenha conseguido conhecer cada cantinho, entender cada espaço preenchido e aceitar cada espaço vago. 
...e então, quando finalmente esse coração for conquistado, quando tivermos nos apoderado dele, 
vai existir uma parte de alguém que seguirá conosco. 
Uma metade de alguém que será guiada por nós 
e o nosso coração passará a bater por conta desse outro coração. 
Eles sofrerão altos e baixos sim, mas com certeza haverá instantes, milhares de instantes de alegria. 
Baterá descompassado muitas vezes e sabe por que? 
Faltará a metade dele que ainda não está junto de nós. 
Até que um dia, cansado de estar dividido ao meio, esse coração chamará a sua outra parte e alguém por vontade própria, sem que precisemos roubá-la ou furtá-la nos entregará a metade que faltava. 
... e é assim que se rouba um coração, fácil não? 
Pois é, nós só precisaremos roubar uma metade, 
a outra virá na nossa mão e ficará detectado um roubo então! 
E é só por isso que encontramos tantas pessoas pela vida a fora que dizem que nunca mais conseguiram amar alguém... é simples... 
é porque elas não possuem mais coração, eles foram roubados, arrancados do seu peito, e somente com um grande amor ela terá um novo coração, afinal de contas, corações são para serem divididos, e com certeza esse grande amor repartirá o dele com você.

sexta-feira, 22 de abril de 2011

~~'Só você - Dinely Borges


Eu vejo gente. Por toda parte. Essa espécie dominante que habita todos os espaços. Vejo pessoas tristes e pessoas alegres. Eu vejo muita gente. Vejo gente rica e outras muito pobres. Mas em minha mente, queria entender o porquê de só ver muito você. 

terça-feira, 19 de abril de 2011

~~'Up where we belong - Joe Cocker (Tradução)




Quem sabe o que o amanhã tráz?
Num mundo, poucos corações sobrevivem.
Tudo que sei é o modo que me sinto,
Quando é verdadeiro, eu mantenho vivo.

A estrada é longa,
Existem montanhas em nosso caminho,
Mas nós escalamos um passo a cada dia...

Amor, levante-nos para o alto onde nós pertencemos,
Onde as águias gritam no topo de uma montanha.
Amor, levante-nos para o alto onde nós pertencemos,
Longe do mundo que conhecemos,
No alto onde os ventos límpidos sopram.

Alguns insistem no "costumava ser",
Vivem suas vidas olhando para trás.
Tudo que temos está aqui e agora,
Toda nossa vida, lá fora para descobrir...

A estrada é longa,
Existem montanhas em nosso caminho,
Mas nós escalamos um passo a cada dia...

O tempo passa,
Não há tempo para chorar.
A vida é você e eu,
Vivos... hoje...

sábado, 16 de abril de 2011

~~'Verdadeiro amor - Dinely Borges



Pensei muitas vezes conhecer o amor. Mas concluo que ainda com estes olhos não o encontrei. Não o verdadeiro amor. A ilusão mostrou-se revestida de confusos sentimentos. Enganam-se muitos, pois acreditam viver o amor. Ainda que triste seja o fato, ele deve ser dito. O amor não traz com ele o ciúme, a preguiça, a dor, o pranto, o orgulho, a vaidade, as noites em claro, e os copos de álcool. Não sufoca, não esconde, não tem vergonha da família. Não mata, não consome, não morre. O amor é contrário a qualquer sentimento mundano, por isso desconheço o amor. Uma vez que apenas vejo homens. E os homens, em sua pequenez, confundem todos os significados. Pois tão contrário ao amor é o homem. Se o que digo foge ao que está escrito, perdoe-me, por fazer parte dessa espécie sei bem como trocar os significados. Não mais chamarei de amor o que chamas de amor. Para mim existirá algo além desse, tão óbvio e sutil, que as palavras não podem traduzir.

quinta-feira, 14 de abril de 2011

~~'Então é você - Alice Ruiz


Então é você
que bem antes de mim
diz o que eu queria dizer
tão bem quanto eu diria.
E quem diria?
ainda melhor

Acho que teu nome é poesia
e por isso todos te chamam

Então é você
tua simples presença
preenche a minha existência
me faz ver o que eu não via.
E quem diria?
ainda melhor

Acho que teu nome é vida
e por isso todos te querem

Então é você
que quando fala
instala a compreensão
de tudo que eu seria.
E quem diria?
Ainda melhor

Acho que teu nome é amor
e por isso todos te amam

E quando todos te chamam
quem sou eu pra não chamar?

E quando todos te querem
quem sou eu pra não querer?

E porque todos te amam
“eu sei que vou te amar”

segunda-feira, 11 de abril de 2011

~~'A melhor tradução da felicidade - Dinely Borges


A melhor tradução da felicidade
É sorrir.
Não aquele pensado
Mas o inesperado,
O que é apenas para se sentir.

Este que roubou de meus lábios
Assim que o conheci.
Não sabia que o compreenderia
E que parte mim faria.

Trazendo-me o encanto das novas sensações
Quanto tempo passará até eu o rever?
Espero apenas que não demores o suficiente
Para este sorriso não se perder.


domingo, 10 de abril de 2011

~~'Coração de libélula - Dinely Borges


Desperta sábia libélula
Mostra-me voando em ziguezague
Cristalina água que roça a pata.

Libelinha encantada que o seu caminho segue
Livro aberto aos meus olhos admirados
Lêem versos nas transparentes asas
Oscilantes e belas.

Vaidosa percebe que a observo
Plaina para distingui-la.
Certificando que guardo em meu acervo
Essa habilidade genuína.

As correntes aéreas a faz flutuar,
Mas parece que nunca cessa
A necessidade de bater asas sem parar.
E voando vai depressa
Encontrar-se com o luar.

Na escura floresta
Ele estava a esperar.
Duas metades do que antes nada era
Em delicado coração foi se transformar.

sábado, 9 de abril de 2011

~~' Frases de Tristão e Isolda


"Não há algo mais que só viver?
Algo mais que dever, e morte.
Porque temos sentimentos, se não podemos vivê-los?
Porque desejamos coisas, se não foram feitas para nós?"


"Antes você me pedir para parar de respirar, do que me pedir para eu deixar de te amar!"


"Meu rosto em teu olha.
E, o teu, no meu reflete.
E do manto do rosto, o coração se veste.
Um par de hemisférios que, melhor se complete.
Onde há, sem norte.
Ou declinante oeste?
Em desigualdade, tudo o que morre está.
Se o nosso amor é um só e formamos um par,
de amor tão igual e forte, ninguém morrerá."



"Existe uma dor e uma culpa.
E eu não consigo me livrar delas."


“Nada de piqueniques ou sorrisos descuidados. Nada de alianças. Só momentos roubados que passam muito rápido.”

"Você tinha razão,
não sei se a vida é maior do que a morte,
mas o amor é maior que ambas."

quinta-feira, 7 de abril de 2011

~~'Frase de Clarice Lispector


"Dá-me a tua mão desconhecida que a vida está me doendo e eu não sei como falar- a realidade é delicada demais, só a realidade é delicada, minha irrealidade e minha imaginação são mais pesadas".

sexta-feira, 1 de abril de 2011

~~'Envolto em mistério - Dinely Borges



Amo-te no silêncio de meus pensamentos, nas entrelinhas da canção.
Amo-te no meu pesar, e no meu temer.
Amo-te na solidão e na presença,
Antes a ausência, não tardando a paixão.
E até quando não me lembro,
Pois nem mesmo o meu penoso esquecer
Consegue fazer-me deixar de amar você.

Amo-te fora do tempo,
Essa criação humana necessária,
Porém, os calendários mostram-me o passar dos anos,
E a vã espera pelo o que não voltará.
Mas se espero o anoitecer para sonhar com estrelas
E elas atravessam o infinito universo para me encontrar,
Por que não te esperar?!

Quando tudo o que é supérfluo
Deixar de ser visto como prioridade,
Então talvez escute o meu chamado,
Esquecerás o tempo ido
Encontrando no meu abraço
O entrelace de nossas almas.
-Razão para ser feliz-

Mas se ainda assim não puderes,
Apenas serei fiel ao meu coração
-Como sempre fui-
Amando-te no silêncio,
Nas entrelinhas de alguma canção.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...