domingo, 10 de abril de 2011

~~'Coração de libélula - Dinely Borges


Desperta sábia libélula
Mostra-me voando em ziguezague
Cristalina água que roça a pata.

Libelinha encantada que o seu caminho segue
Livro aberto aos meus olhos admirados
Lêem versos nas transparentes asas
Oscilantes e belas.

Vaidosa percebe que a observo
Plaina para distingui-la.
Certificando que guardo em meu acervo
Essa habilidade genuína.

As correntes aéreas a faz flutuar,
Mas parece que nunca cessa
A necessidade de bater asas sem parar.
E voando vai depressa
Encontrar-se com o luar.

Na escura floresta
Ele estava a esperar.
Duas metades do que antes nada era
Em delicado coração foi se transformar.

0 comentários:

Postar um comentário

O seu comentário é sempre bem vindo!
Opine, comente, se expresse! Este espaço é seu!

Espero que tenha gostado do blog! Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...