sexta-feira, 13 de maio de 2011

~~'Parágrafo-Dinely Borges


Porque ela vive bem, envolta de seus mistérios, de um mundo tão completamente seu. Então se lhe mostra um caminho, uma estrada de tijolos dourados, não a censures, posto que se o fizer, toda a estrada desaparecerá sob os seus pés e estarás perdido em completa escuridão. Escuridão essa que apenas ela caminha com leveza, sem tropeçar. Acostumou-se com a falta de luz, de amor. Ela não o ajudará. Terá que, através dos vales, encontrar um novo caminho, outra saída. Ela não é assim, não quer ser assim, mas agora, por demais cautela, repensa a palavra dita, repensa o ar que respira e quase se arrepende por cada batida de seu coração, pois conhece o sabor amargo da decepção. Se ela lhe mostra uma canção, então cante, pois é tarde, e ela não quer ouvir nada além de sua voz. Se ela lhe quer por perto, então fique, pois ela se acostumou com a solidão, e se logo se põe a ir, pode ser que ela não o peça para voltar. Se ela diz ter amor, apenas não a censures...

0 comentários:

Postar um comentário

O seu comentário é sempre bem vindo!
Opine, comente, se expresse! Este espaço é seu!

Espero que tenha gostado do blog! Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...