terça-feira, 30 de agosto de 2011

~~'Clarice Lispector


“(...) E eis que sinto que em breve nos separaremos. Minha verdade espantada é que eu sempre estive só de ti e não sabia. Agora sei: sou só. Eu e a minha liberdade que não sei usar. Grande responsabilidade da solidão. Quem não é perdido não conhece a liberdade e não a ama. Quanto a mim, assumo a minha solidão. Que às vezes se extasia como diante de fogos de artifício. Sou só e tenho que viver uma certa glória íntima que na solidão pode se tornar dor. E a dor, silêncio. Guardo seu nome em segredo. Preciso de segredos para viver. (...)” (Água Viva)

~~'Cáh Morandi


"Eu sou a melhor coisa
Que poderia te acontecer
Sem modéstia nenhuma e não nego ao dizer;
Ah meu bem, não vou chorar por você
Tenho na lista mais de mil homens amantes,
Que me consideram mais importante
Do que os programas de tevê.

Azar o seu que me perdeu
sem nunca me ter."

domingo, 28 de agosto de 2011

~~'' Martha Medeiros


"...A questão era simples: para continuar ao seu lado, eu teria que desistir de mim, da minha liberdade, da minha visão desestressada da vida. E era o que estava muito próximo de ocorrer. Eu uma adulta graduada, passei a agir como criança... estava me tornando uma mulher medíocre, que perdia tempo dando explicações estapafúrdias sobre coisa nenhuma."

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

~~'Palavras do amanhã - Dinely Borges


Perdoe-me ao dizer o que sinto
E não apenas o que vejo.
Digo logo, não minto
Até facetar doce desejo.

Algoz de mim mesma
Despejo palavras fadadas
Que encontraram o meu coração,
Correndo nas veias e morrendo em lágrimas.

Perdoa-me se tão logo me arrependo
Pois apenas bordejo paz.
Interdito veemente o texto
Ao ver o futuro nas lembranças do ontem.


terça-feira, 23 de agosto de 2011

~~'Poema da Cecília Meireles



Ninguém venha me dar vida,
que estou morrendo de amor,
que estou feliz de morrer,
que não tenho mal nem dor,
que estou de sonho ferido,
que não me quero curar,
que estou deixando de ser,
e não quero me encontrar,
que estou dentro de um navio,
que sei que vai naufragar,
já não falo e ainda sorrio,
porque está perto de mim
o dono verde do mar
que busquei desde o começo,
e estava apenas no fim.

Corações, por que chorais?
Preparai meu arremesso
para as algas e os corais.

Fim ditoso, hora feliz:
guardai meu amor sem preço,
que só quis quem não me quis.


sexta-feira, 19 de agosto de 2011

~~'o que não se pode explicar aos normais - Catedral


Sobre o amor e o desamor, sobre a paixão
Sobre ficar, sobre desejar, como saber te amar?
Sobre querer, sobre entender, sem esquecer
Sobre a verdade e a ilusão
Quem afinal é você?
Quem de nós vai mostrar realmente o que quer?
Um coração nesse furacão, ilhado onde estiver.
O meu querer é complicado demais,
Quero o que não se pode explicar aos normais.
Sobre o porquê de tantos porquês,
E responder
Entre a razão e a emoção eu escolhi você!

Quem de nós vai mostrar realmente o que quer?
Um coração nesse furacão, ilhado onde estiver.
O meu querer é complicado demais,
Quero o que não se pode explicar aos normais.
Sobre o porquê de tantos porquês,
E responder
Entre a razão e a emoção eu escolhi você!

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

~~'Já dizia Caio Fernando Abreu


"É uma decepção diferente: não penso obsessivamente, não tenho vontade  nenhuma de ligar nem de escrever cartas, não tenho ódio nem vontade de chorar. Em compensação também não tenho vontade de mais nada."

domingo, 14 de agosto de 2011

~~'Deliberação a um pedido - Dinely Borges


Quase rouba de mim um sorriso quando começo a imaginar: ontem você disse a uma estrela solitária que a vida tem lá os seus mistérios, as suas dores, mas que estava tarde e o seu coração morria - você pedia um novo amor. Imaginou uma garota com um sorriso único, um olhar doce, que quisesse o mundo, mas tivesse pudor. Você desejou que a garota fosse um pouco tímida, mas confortável em sua natureza. Queria que ela lhe beijasse e depois ouvisse os seus sonhos. Desejou que ela também gostasse de seus amigos, afinal você não queria fazer uma troca, amizade por amor. É que você conhece um pouco, ainda que bem pouco, os homens. Queria que ela fosse inteligente, de um jeito único e descontraído e se portasse como nenhuma outra. Não queria que ela soubesse todas as regras de etiqueta, mas de sua meiguice, desforrar a nobreza. Ainda quis que ela respeitasse todas as suas escolhas, e andasse bem ao seu tempo. E desejou que ela o abraçasse até a alma, e o calor de seu corpo curaria qualquer ferida. Depois seguraria a sua mão, como se cuidasse de pétalas caídas. Quase rouba de mim um sorriso, desses que você dá apenas para o destino. Um sorriso de desprezo, já que não é por acaso, que sou essa garota! Eu que em minha grande estupidez, também olhei para o maldito céu. Lá estava a estrela solitária, o melhor reflexo meu. Você me encontrou enfim e sim, eu te fiz feliz, e você também me fez feliz, mas como sou humana, o julgo, e em pecado duplo, o julgo egoísta. Não consegue ver que me limita e condena em uma única coisa: a espera. Espero pelo dia em que irá me dizer que não sou só uma amiga, a ficante mais querida. Espero a sua ligação, e que me diga alguma coisa, menos uma bobagem qualquer que me fadiga. Espero te ver na rua, na saída, e quem sabe matar a saudade que aprendi a esquecer. Espero pelo seu sim ou o não para tudo encerrar. Agora sorrio verdadeiramente, é que prefiro não ser vida na sua vida, não ser abrigo ao seu coração, e nem se quer me permitir ter amor se for para se perder. Amor em mim não se perde se acumula. O seu pedido foi quebrado, esqueceu-se de um detalhe: esqueceu de pedir a minha liberdade. A minha liberdade é o seu maior perigo. 



sábado, 13 de agosto de 2011

~~' Frase do conto Os Desastres de Sofia - Clarice Lispector


"...em choque eu era jogada na vergonha, na perplexidade e na assustadora esperança. A esperança era o meu pecado maior."


terça-feira, 9 de agosto de 2011

~~'Reinado - Dinely Borges


   A alegria escancarada em minha face é um raio, mas não o reflexo da minha alma. Todos ao meu redor têm os ouvidos silenciados pelos meus lábios sorridentes, mas de minha dor, só eu sei. Reino sobre ela como a mais severa de todas as rainhas em meu castelo das ilusões. Na sala principal, quadros de memórias vivas, pintados cuidadosamente com doces decepções. Lágrimas de chuva fazendo nascer o rio mais belo. O meu tapete vermelho é sangue vivo, o meu sangue, que fora derramado pelas causas nobres. Há na mesa de jantar uma jarra que costumo chamar de elixir dos homens, em sua composição, cicuta. É que algumas vezes as pessoas gostam de oferecer doses de morte, sempre matando o amor, a felicidade, o otimismo. Confesso que já provei o mais terrível de todos os venenos, me embriaguei com as palavras sofríveis e morri de várias maneiras possíveis. Confesso também que nem todas as mortes foram ruins e que outras eu mereci. Em meu reino deve-se ter cuidado ao andar nos vales da solidão, ou mesmo na montanha das angústias, e se desejar visitar o país das lágrimas, seja muito cauteloso, não há nada mais misterioso e imprevisível do que tal país. Em meu Castelo Real da Dor possuo tantos colaboradores que se tudo der errado, será o mais certo possível. É o paraíso dos perdidos. E digo com muito orgulho: Administro com tanto cuidado e sabedoria, procurando mantê-lo em segredo, disfarçando-o com o brilho da alegria, que até eu mesma o perco.

sábado, 6 de agosto de 2011

~~'Amado - Vanessa da Mata


Como pode ser gostar de alguém
E esse tal alguém não ser seu
Fico desejando nós gastando o mar

Pôr-do-sol, postal, mais ninguém
 Peço tanto a Deus
Para lhe esquecer
Mas só de pedir me lembro
Minha linda flor
Meu jasmim será
Meus melhores beijos serão seus
Sinto que você é ligado a mim
Sempre que estou indo, volto atrás
Estou entregue a ponto de estar sempre só
Esperando um sim ou nunca mais
É tanta graça lá fora passa
O tempo sem vocêMas pode sim
Ser sim amado e tudo acontecer
Sinto absoluto o dom de existir,
Não há solidão, nem pena
Nessa doação, milagres do amor
Sinto uma extensão divina
É tanta graça lá fora passa
O tempo sem você
Mas pode simSer sim amado e tudo acontecer
Quero dançar com você
Dançar com você
Quero dançar com você
Dançar com você


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...