sábado, 28 de dezembro de 2013

~~' Desejo - Dinely Borges

Eu queria que você quisesse estar comigo. Isso foi dito depois que a saudade já havia deixado a sua marca no rosto e ainda assim a resposta foi breve: “Mas eu quero estar com você!”. Sem esforço algum, sem sentimento, sem nem mesmo pensar que a distancia ainda machucava. Entregara-se ao amor e o amor não é planejado. 
O tempo passa, dia após dia de lutas internas. Como pode, sentar-se na mesa, tomando uma xícara de leite, decidir que ama, mas que o amor não lhe permite e que jamais amará da forma que deseja. E o que deseja, será que alguém poderia saciar? 
Deseja amar com os olhos, nunca cansar de admirar com quem se está. Deseja que ele também a admire. Deseja amar com a boca, câimbras de tanto beijar. Amar com as palavras também. Deseja ouvir palavras sinceras, “eu te amo” no meio da tarde, “como está bonita” tão cedo do dia. Ela deseja que ele prefira dormir dez minutos depois do horário só para ouvir um pouco mais sua voz. Deseja também que ele se esforce para vê-la durante a semana, da mesma maneira que ele se esforça para o futebol ou os passeios com os amigos. Ela deseja que ele reconheça quando ela prepara a sua comida favorita dizendo pelo menos obrigado. Deseja que reconheça que ela se empenha para demonstrar todo o seu amor, e quando presenteá-lo com uma caixa com 300 motivos para amá-lo, que levou meses para escrever, ao invés de dizer “Eu vou ter que ler isso tudo?”, diga “Amor, que bonito! Muito obrigado! Eu também tenho 300 e até mais motivos para te amar!”. Ela deseja um pouco mais de atenção, principalmente nos dias que ele se dedica para vê-la. Esses dias são sagrados para ela. Ela suporta cada hora antes desse dia para quando o dia chegar ele dizer que não estará lá por um motivo qualquer. Ela deseja que ele a abrace sem dizer que está partindo, deixe a despedida para depois, o abraco é o entrelace das almas e não o desenlace. Ela deseja que ele desejasse saber essas coisas. 
--Dinely Borges--

"And the truth is, baby, you're all that i need
I wanna lay you down in a bed of roses
For tonight i sleep on a bed of nails
I wanna be just as close as the holy ghost is"
-Bon Jovi- Bed of roses".

sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

~~' Goodbye forever - Dinely Borges-


O teu rosto me assombra,
Acompanha-me todos esses anos,
E agora é tarde,
Tão tarde que quase me arrependo
-Outras linhas sobre você-

E agora me despeço,
Digo adeus para teus olhos,
Esses olhos que já foram meus.

Não quero mais ler um livro
E ver você.
Não quero mais a velha música
Que no piano lhe dediquei.
Não quero mais ver esse rosto
Em todos os filmes, em quase todos os meus sonhos.

Você não existe,
Não para mim.
Você sem endereço,
Eu amor sem fim.

Deixo-o meu fantasma favorito,
Para quem o ame mais

Para que eu ame também.

-Dinely Borges-
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...